quinta-feira, 2 de junho de 2011

Mirante


Eles são umas das partes do corpo que mais inspiram nossos autores. Dos "olhos de ressaca" e de "cigana oblíqua e dissimulada" de Capitu até "os olhos verdes na cor esperança" da amada de Gonçalves Dias.

Há quem diga que os olhos são reflexos da alma. Talvez tenham razão. Alguns olhos brilham quando se está feliz. Outros se fecham quando alguém parte ou sentimos dor. Mesmo sem falar uma só palavra, um homem pode expressar suas vontades por um simples olhar.

Os  olhos também refletem a diversidade. A beleza da diferença em irís castanhas, azuis, cinzas, pretas e verdes.


Os olhos também são figuras de linguagem. Metonímias para a visão. Metáforas para se fazer enxergar.

Eles que identificam o amor platônico. Aquele em que o amor é impossível e que as imagens do amado ficam gravadas na retina.

São eles que registram as imagens e fazem o coração "sentir". (O que os olhos não veem, o coração não sente).

Olhos que são encobertos para que a balança da justiça mantenha-se equlibrada.


Olhos ligados a tradições e crendices que uso para me proteger.

Não fechem os olhos dos poetas!

7 comentários:

  1. Tema recorrente na poesia e nos sonhos dos românticos, os olhos são os responsáveis por dar forma e sentido àquilo que se deseja, por nos direcionar para a vitória e para a conquista, seja pela visão física ou pela visão da fé. Objeto pequeno porém determinante, através do qual se descobre quem de fato um é, passa desapercebido pela nossa atenção cotidiana, mas cuja importância não poderia se medir em toda uma vida. Ótimo tema, sensível postagem. Parabéns!

    (http://quadrinhospraquemgosta.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  2. "Mesmo sem falar uma só palavra, um homem pode expressar suas vontades por um simples olhar." Muito verdade isso! Gostei muito :)

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Muito muito muito mesmo! =)

    ResponderExcluir
  4. Incrível! Parabéns pelo texto que "encheu meus olhos". Adoro refletir sobre os sentidos, principalmente a visão... Espero que nunca fechem meus olhos rs!

    ResponderExcluir
  5. "A tempestade que chega é da cor dos seus olhos... castanhos"!

    ResponderExcluir
  6. Olhos de cores diferentes. Um vê o futuro e o outro o passado, quando estão ambos fechados, criam imagens nos nossos sonhos sobre o presente.

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante desse post! Muito mesmo.

    ResponderExcluir